Introdução

Introdução ao Mercado de Ações

Introdução ao Mercado de Ações



Por: Fabio Pordeus Pedrosa | 06/05/2019

O que são ações?

São títulos de renda variável negociáveis que representam a menor fração do capital de uma empresa. As empresas abrem capital na bolsa de valores com o objetivo de captar recursos destinados ao financiamento de projetos, expansão, mudança de escala ou diversificação de seus negócios. Esta forma de captação é uma alternativa aos financiamentos bancários, que normalmente tem um custo maior.

As ações ficam disponíveis para negociação na Bolsa de Valores após abertura de capital. Mas o que é a Bolsa de Valores? É uma instituição administradora do mercado. Sua principal função é proporcionar um ambiente transparente e líquido, adequado para a negociação de ações.

O investidor por intermédio de uma corretora compra ações das empresas. Ao adquirir as ações o investidor torna-se um acionista, ou seja, co-proprietário da empresa. Com isso passa a ter alguns direitos e benefícios, como por exemplo ter uma participação percentual nos resultados da empresa, proporcional ao número de ações que detém.

E onde ficam as ações compradas pelo investidor? Correto, as mesmas ficam custodiadas eletronicamente na Companhia Brasileira de Líquidação e Custódia, mais conhecida como CBLC.

Formas de negociação

Você pode negociar ações de diversas maneiras. As formas mais conhecidas são: compra direta de ações, fundos de investimentos em ações, clubes de investimento e fundos de índices (mais conhecidos como ETFs – Exchange Traded Funds).

Neste texto abordarei o 1º item, destacado na figura acima. As demais formas de investimentos em ações serão abordadas separadamente em outros textos de aprendizado. Na compra direta de ações o investidor é o principal responsável pela administração do investimento.

E o que é preciso para investir em ações através da compra direta?

Simples, o investidor precisará abrir uma conta em uma Corretora de Valores, instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central, CVM e BM&FBovespa a intermediar as operações de compra e venda de ações.

Após a abertura da conta a corretora enviará os dados bancários para que o investidor possa creditar o capital destinado ao investimento em ações. Após o depósito a corretora enviará as credenciais de acesso ao Home Broker (HB). E o que é o HB? É o sistema de negociação que permite a compra e venda de ações via internet.

Além do HB o investidor poderá realizar suas operações através da mesa de operações da corretora. Para isto basta entrar em contato com a central de atendimento da corretora. Esta é uma ótima alternativa quando não é possível acessar o HB, devido a algum problema de conexão com a internet.