Análises

Cacos de Vidro

Cacos de Vidro



Por: Fabio Pordeus Pedrosa | 28/07/2021

 

 

A humanidade, ao longo de toda a sua história, sempre buscou respostas rápidas para o que desconhecia e até para aquilo sobre o qual detinha qualquer nível de conhecimento. E não aludo questões relevantes, me refiro a questões pueris. Seja por sua reduzida capacidade de raciocínio ou simples preguiça intelectual, um misto de malandragem e inabilidade conduziu muitos indivíduos à busca por mecanismos que provessem soluções baratas, conclusões prontas e saídas simples. Fosse lançando moedas ao vento (cara ou coroa), ou “tirando no palitinho”, importava que a sua incapacidade de raciocínio fosse amparada por algum mecanismo “mágico”.

Passado o tempo, modificado o ambiente, o tabuleiro sofria a ação dos anos, mas os participantes insistem na manutenção de tais manobras. Em nosso mundo (Mercado de Capitais), tais instrumentos podem ser encontrados sobre as mais diversas alcunhas, se não vejamos: Setup, modelos operacionais pré-estabelecidos, sistemas... segredos, chaves, códigos... ETs, naves espaciais, chá alucinógenos... rituais... e toda a “sorte” de disparates que justifiquem a frustração dos perdedores e as fábulas de toda a indústria que faz este “mundo” girar.  

Encontrar o sucesso significa abandonar o emprego de “bolas de cristal”, em detrimento do conhecimento e da destreza, ou permanecer comendo cacos de vidro de bolas de cristal quebradas.

 

Por Fábio Pordeus, Investidor e Trader