Mundial

Evergrande e Fed dividem atenção dos mercados internacionais

Tanto as bolsas europeias como os futuros de ações em NY sobem nesta quarta-feira de expectativas

Evergrande e Fed dividem atenção dos mercados internacionais



Por: Fabio Pordeus Pedrosa | 22/09/2021

A atenção dos operadores hoje se divide em dois focos: os novos capítulos sobre a crise da Evergrande e a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed). Nos negócios desta manhã, tanto as bolsas europeias como os índices futuros de ações operavam com alta.

O Banco Popular da China ( PBoC, na sigla em inglês) conseguiu acalmar os nervos dos investidores com a injeção do equivalente a US$ 18,6 bilhões nos mercados de títulos de curto prazo. Além disso, o grupo China Evergrande fechou um acordo de pagamento de juros com alguns de seus credores.

No radar também está a sinalização, pelo banco central dos Estados Unidos, de sua política monetária e em que ritmo o Fed vai reduzir seu programa de recompra de títulos, instaurado para ajudar a recuperação da economia na era Covid-19.

Os mercados acionários na Europa se comportam desta maneira:

  • o Stoxx 600 Europe Index subia 0,54%, para 461 pontos às 11h50 CEST (6:50h no horário de Brasília)
  • o alemão DAX ganhava 0,55%, para 15.433 pontos
  • em Paris, o CAC 40 avançava 0,95%, situando-se nos 6.616 pontos
  • o londrino FTSE 100 aumentava 1,00%, aos 7.050 pontos
  • o IBEX 35 subia 0,49%, para 8.798 pontos

No continente, a notícia da manhã é que o Banco Central Europeu (BCE) discutirá o aumento de suas compras regulares de ativos quando o estímulo de emergência para a pandemia chegar ao fim, disse o membro do Conselho Administrativo Madis Muller. Embora a recuperação da área do euro deva permitir ao BCE finalizar seu programa de compra de títulos no valor de 1,85 trilhões de euros (US$ 2,2 trilhões) em março, as autoridades discutirão como evitar um sobressalto quando o apoio for retirado. Uma opção seria expandir o plano de pré-crise acima dos atuais 20 bilhões de euros (US$ 23,45 bilhões) por mês, afirmou Muller.

Futuros de ações nos EUA

A expectativa com relação à reunião do Fed segue no radar. Espera-se que o banco central comece a reduzir seu programa de compra de ativos no final do ano, considerando que a economia mantenha o ritmo recuperação que vem mostrando até agora.

  • o S&P 500 futuro subia 0,43% às 11h50 CEST (6:50h no horário de Brasília), para os 4.362 pontos
  • os contratos indexados ao índice Dow Jones ganhavam 0,46%, somando 34.954 pontos
  • os contratos futuros indexados ao índice Nasdaq avançavam 0,25%, para 15.061 pontos

Como fechou Wall Street

Depois de operarem no azul, o S&P fechou com 0,08% de baixa (4.354 pontos) e o Dow Jones Industrial com 0,15% de queda (33.919 pontos). Já o Nasdaq 100 encerrou o dia com 0,22% de valorização, aos 14.746 pontos.

 

Mercados asiáticos

O índice de Xangai subiu 0,40%, para os 24.221 pontos. O japonês Nikkei 225 caiu 0,67%, para 29.639 pontos. Os mercados de Hong Kong fechou por feriado.

Uma empresa do grupo Evergrande anunciou um plano para pagar amanhã os juros sobre títulos denominados em moeda local, embora não tenha revelado muitos detalhes. A empresa disse que fará o pagamento dos juros de seu título com vencimento em 2025 e cupom de 5,8%. O valor dos juros seria de, aproximadamente, de 232 milhões de yuans (US$ 36 milhões), de acordo com dados compilados pela Bloomberg. O anúncio vem depois de a empresa não pagar os juros devidos na segunda-feira a pelo menos dois de seus maiores credores bancários, segundo fontes da Bloomberg.

  • No Japão, o banco central do país manteve sua política de estímulo econômico, preservando as suas taxas de juros negativas e suas metas de compra de ativos, conforme vinha sendo aguardado pelo mercado. O banco reduziu sua projeção para as exportações e a produção, como reflexo da recente onda do Covid-19 sobre as cadeias de abastecimento, mas manteve inalteradas as demais perspectivas econômicas.

Leia mais: Evergrande fecha acordo sobre juros e reduz pressão nos mercados asiáticos

Confira o comportamento de outros mercados na manhã de hoje:

Petróleo

  • em Nova York, os contratos futuros de petróleo subiam 1,36% às 11h50 CEST (6:50h no horário de Brasília), para US$ 71,45 o barril.

Moedas

  • o euro subia 0,03%, para US$ 1,1734
  • o iene valorizava-se 0,29%, para US$ 109,54
  • a libra esterlina tinha 0,17% de queda, cotada a US$ 1,3636

Ouro

  • o ouro futuro perdia 0,12%, para US$ 1.776 a onça troy

Cripto

Depois de três dias em queda, tendo ficado abaixo dos US$ 40 mil, os investidores voltam aos bitcoin.

  • o bitcoin subia 3,27%, para US$ 42,310 mil.

Leia mais: Bitcoin cai abaixo de US$ 40 mil após críticas de reguladores nos EUA

-- Com informações da Bloomberg News


FONTE: Bloomberg Línea - Acesse